blog facebook WhatsApp
Central de marcação: 71 3622-7555
Vida e Saúde - Blog

Saúde íntima e reprodutiva da mulher: quais cuidados são essenciais?

quarta, 16 de fevereiro de 2022

A saúde íntima e reprodutiva da mulher depende de uma série de fatores, que vão desde os cuidados com a higiene até os aspectos emocionais. Seja por conta de relações sexuais desprotegidas, utilização de produtos de higiene que afetam a microbiota ou mesmo uma alimentação desregrada, a falta de cuidado e atenção com a saúde íntima pode abrir caminho para doenças e, até mesmo, comprometer a fertilidade.

Uma vez que o corpo humano possui uma série de vulnerabilidades, qualquer descuido com a higiene mais básica, e sobretudo nas áreas íntimas, pode levar ao surgimento de irritação, ardência, maus odores e até a presença de fungos e bactérias nocivas à saúde.

Por isso, desde cedo as meninas devem ser orientadas para os cuidados com a saúde íntima e reprodutiva. Isso significa que, mesmo que ainda não tenha iniciado a vida sexual, as adolescentes e jovens devem, sim, visitar um médico ginecologista para receber as orientações necessárias e entender melhor como funciona o organismo feminino.

Porém, o que vemos é justamente o contrário,mulheres que procuram o ginecologista somente após iniciar a vida sexual e, ainda pior, muitas que só consultam o especialista quando surge algum problema, ignorando os exames preventivos, que são fundamentais para a saúde da mulher.

Neste artigo, trazemos algumas orientações sobre os cuidados com a saúde íntima e reprodutiva das mulheres, lembrando sempre que nada substitui o acompanhamento com seu médico de confiança.

Cuidados com a saúde íntima: como fazer a higiene adequada?

Existem diversos fatores que alteram o pH da pele, transpiração, umidade, predisposição genética, anatomia, idade... No entanto, alguns fatores externos também podem influenciar, como uso de produtos detergentes, cosméticos, roupas e alguns antibióticos de uso tópico.

Outra questão importante para a saúde íntima e reprodutiva é o uso de lâminas utilizadas na depilação na região genital, assim como os cremes depilatórios e as ceras, que podem levar ao ressecamento da pele e surgimento de alergias.

Por isso, os cuidados com a higiene íntima são tão importantes, uma vez que quando feitos incorretamente, ou simplesmente ignorados, podem levar a sérios problemas de saúde.

Abaixo, listamos alguns cuidados que toda mulher deve ter com a higiene da região íntima

Lave a região genital de modo adequado

Tanto a falta quanto o excesso de limpeza podem causar problemas. Por isso, lavar a região genital com o uso de sabonete íntimo é o recomendado, mas só deve ser feito uma vez ao dia. Caso haja necessidade de mais banhos, o indicado é utilizar somente água corrente.

Isso porque a vagina produz uma secreção natural que protege a área, e seu odor próprio deve ser mantido. Por conta da falta de informação, muitas mulheres fazem de tudo para manter a região 'perfumada' e evitar as secreções.

Ou seja, nada de duchas internas, nem mesmo depois da relação sexual. O ideal é utilizar produtos de higiene que neutralizam os odores e preservam o pH da região íntima.

Dobre os cuidados com a higiene íntima durante a menstruação

No período menstrual, os cuidados com a higiene íntima devem ser redobrados. Isso significa que as lavagens podem ser feitas mais de uma vez ao dia e o absorvente deve ser trocado com frequência, não ultrapassando o tempo de 4 a 6 horas. Claro que tudo isso depende do fluxo de cada mulher, que pode ser leve, moderado ou intenso.

Uma boa alternativa é utilizar os coletores menstruais, que além de mais higiênicos, proporcionam conforto e segurança para vazamentos. Mas lembre-se de fazer a assepsia correta do coletor.

Use lenços umedecidos

Se puder, troque o papel higiênico pelos lenços umedecidos próprios para higiene íntima. Além de não deixar resíduos como o papel, os lencinhos ajudam a evitar o mau odor e a irritação da pele.

Fatores que influenciam na saúde reprodutiva da mulher

A saúde reprodutiva da mulher está diretamente ligada à saúde íntima e também à saúde sexual. Isso significa que toda mulher tem direito a uma vida sexual prazerosa, mas sobretudo segura, através do uso de contraceptivos e métodos preventivos de Infecções Sexual Transmissíveis (ISTs), como preservativos. 

A liberdade para a escolha de ter filhos ou não também faz parte do conceito de saúde reprodutiva. No entanto, o que se observa é que muitas mulheres ainda não têm acesso às informações necessárias ou, simplesmente, se veem pressionadas pelos padrões da sociedade sobre a maternidade quase como algo obrigatório e sem a necessidade de planejamento e de cuidados com a saúde, em primeiro lugar.

Por isso, os principais fatores que influenciam na saúde reprodutiva das mulheres estão ligados à falta de informação e a uma certa negligência com os cuidados preventivos, como visitas ao ginecologista e exames periódicos de papanicolau, entre outros.

Ou seja, ainda que haja um cuidado com a saúde íntima através da higiene correta, toda mulher deve buscar orientação sobre as ISTs, métodos contraceptivos e realização de exames preventivos.

Notícias recentes
Doenças do coração: conheça os diferentes tipos. Sabia que existem diversos tipos de doenças do coração? Conheça mais sobre elas! Saiba mais...
Os benefícios da fisioterapia no tratamento de dores. Conheça os benefícios da fisioterapia e como ela atua no tratamento de diversos tipos de dores. Saiba mais...
Saúde íntima e reprodutiva da mulher: quais cuidados são essenciais? Saiba como proteger sua saúde íntima e reprodutiva e prevenir o surgimento de doenças que podem comprometer a fertilidade. Saiba mais...
Saúde mental e o enfrentamento de dificuldades sociais. Entenda como os fatores sociais impactam na saúde mental, especialmente entre os adolescentes. Saiba mais...
A importância do autocuidado e os benefícios de investir nesta prática. Saiba mais sobre o que é e como praticar o autocuidado e confira tudo que ele pode fazer pela sua saúde. Saiba mais...
Desvio de septo nasal e a dificuldade para respirar. A cirurgia é o único tratamento definitivo para o desvio de septo. Medicamentos e lavagens nasais são indicados para aliviar os sintomas. Saiba mais...
Aleitamento materno e as questões que envolvem essa jornada. Saiba mais sobre os benefícios do aleitamento materno, que deve ser exclusivo até os seis meses de vida do bebê. Saiba mais...
Transtorno de Déficit de Atenção: o que é e como diagnosticar? Saiba mais sobre o Transtorno de Déficit de Atenção (TDA) e qual a importância do diagnóstico e do acompanhamento adequados. Saiba mais...
Check-up cardiológico: porque é importante e quando fazer. Veja qual a importância de checar a saúde do coração e os exames que devem ser feitos em um check-up cardiológico. Saiba mais...
Doenças do aparelho digestivo: como fazer o diagnóstico? Endoscopia e colonoscopia são exames essenciais para o diagnóstico precoce de doenças do aparelho digestivo. Saiba mais...
Cólicas na gravidez: por que elas acontecem? Em casos de cólicas na gravidez persistentes, o ginecologista e obstetra deve ser consultado. Saiba mais...
6 dicas para curtir o verão com saúde. Veja porque é importante manter os cuidados com a saúde no verão e quais as formas de se proteger. Saiba mais...
Espirometria: importância da análise respiratória completa Veja como o exame de espirometria é importante e quando ele deve ser realizado de forma preventiva. Saiba mais...
Janeiro Branco: como promover a saúde mental dentro das empresas? Entenda a importância da campanha "Janeiro Branco" na promoção da saúde mental dentro do ambiente de trabalho. Saiba mais...
Dia Mundial do Diabetes: um alerta para a prevenção e controle da doença. Saiba como o diabetes pode afetar seriamente sua saúde e conheça as principais formas de prevenção e controle da doença que atinge milhões de pessoas. Saiba mais...
Febre: o que ela pode indicar e quando procurar ajuda? A febre pode ser sintoma de diversas doenças e costuma sinalizar infecções. Mas afinal, quando procurar um médico? Saiba mais...
Cálculo Renal: o que é e como tratar as pedras nos rins? Saiba mais sobre o cálculo renal, suas causas, como prevenir e tratar o problema. Saiba mais...
Saúde do Homem: campanha Novembro Azul e o foco na prevenção. A saúde do homem está em foco. Você sabia que um em cada seis homens brasileiros será diagnosticado com câncer de próstata? Saiba mais...
Saiba como aproveitar os benefícios dos grãos e sementes na alimentação. Veja como incluir grãos e sementes na sua dieta e aproveite todos os benefícios desses alimentos. Saiba mais...
Acne: o que causa e como evitá-las? Entenda as principais causas da acne e quais os cuidados necessários para evitar seu aparecimento. Saiba mais...