blog facebook WhatsApp
Central de marcação: 71 3622-7555
Vida e Saúde - Blog

Queimaduras: como prevenir e tratar?

quarta, 06 de outubro de 2021

Incidentes relacionados a queimaduras são considerados um problema de saúde pública. De acordo com o Ministério da Saúde, ocorrem cerca de 1 milhão de casos por ano, onde aproximadamente 10% deles necessitam de atendimento hospitalar.

Para demonstrar ainda mais a gravidade das queimaduras, são registrados 2500 óbitos anuais decorrentes de queimaduras, principalmente por infecções causadas a partir dos ferimentos, onde o risco aumenta de acordo com a gravidade e profundidade da queimadura.

A maior causa de queimaduras são os acidentes domésticos envolvendo o cozimento de alimentos, água fervente, churrasqueiras e ferro de passar. Mas os fogos de artifícios e a eletricidade também são causas comuns de queimaduras, assim como o contato com substâncias químicas e também a exposição solar excessiva.

Como são classificadas as queimaduras?

Para definir o tratamento mais adequado, as queimaduras são definidas e classificadas conforme o grau, a extensão e o agente causador. Vejamos

Graus de queimadura

Conforme a profundidade do ferimento, as queimaduras são classificadas em três graus. Essa classificação se dá conforme as camadas de pele atingidas

Primeiro Grau - são queimaduras que atingem somente a epiderme, que é a camada mais superficial da pele. Geralmente causam vermelhidão sem bolhas e um inchaço discreto, com dor e ardência local.

Segundo Grau - queimaduras deste tipo atingem parte da derme (segunda camada da pele), formando bolhas e causando dores mais fortes.

Terceiro Grau - é o tipo mais profundo, que atinge todas as camadas da pele, chegando aos músculos e até aos ossos. Nesses casos, a pele fica necrosada (morte do tecido), deixando uma aparência esbranquiçada ou com aspecto carbonizado. Por conta da profundidade, não há dor, uma vez que a lesão consome as terminações nervosas responsáveis por essa sensação.

Extensão e agentes causadores

Além do grau, as queimaduras também são classificadas conforme a extensão e o tipo de agente causador. É isso que também irá determinar o tipo de tratamento de cada uma.

No caso da extensão, ela é representada conforme a porcentagem da área queimada

  • queimaduras leves são as que atingem 10% ou menos do corpo
  • queimaduras médias afetam de 10% a 20% da superfície corporal
  • - queimaduras graves compreendem mais de 20% do corpo

Quanto aos agentes causadores, eles se dividem em

Agentes físicos - térmicos, elétricos e radiantes.

  • Térmicos: líquidos ou gordura quente, vapor, ferro quente e fogo
  • Elétricas: alta tensão, corrente de baixa voltagem de eletrodomésticos e raios
  • Radiantes: exposição à luz solar ou fontes nucleares

Agentes químicos - substâncias industriais, produtos domésticos (solventes, soda cáustica, ácidos).

Agentes biológicos - de origem animal ou vegetal, como urtiga, taturanas, água viva, etc.

O que se deve ou não fazer em caso de queimadura?

Ao sofrer uma queimadura, independente do grau do ferimento, o primeiro passo é manter a calma para avaliar a gravidade e buscar formas de aliviar a dor.

Para isso, alguns passos podem ser seguidos

1. Inicialmente, procure resfriar a área atingida em água corrente, com jatos suaves e temperatura natural, por aproximadamente 10 minutos

2. Se a pessoa estiver usando qualquer tipo de acessório ou joias, é importante retirá-los imediatamente, antes que haja inchaço local

3. Nos casos mais sérios, cubra o local com gaze, pano ou toalha limpos e úmidos e procure um atendimento médico de emergência. É importante não utilizar compressas em áreas extensas por muito tempo, sob o risco de ocorrer hipotermia

Se a causa da queimadura for química, deve-se lavar o local por cerca de 20 minutos até que a substância seja removida. Caso haja ingestão, a vítima deve ser levada imediatamente ao hospital.

Nas queimaduras elétricas, o aparelho deve ser retirado da tomada o mais rápido possível ou a energia desligada. Leve-a imediatamente ao hospital. LEMBRE-SE! Não toque na pessoa que estiver tomando uma descarga elétrica!

O que NÃO fazer em caso de queimadura!

Na intenção de amenizar o problema - e muitas vezes baseadas em crendices -  as pessoas acabam agindo de forma equivocada e aumentando o problema da queimadura. Veja a seguir o que não se deve fazer nesses casos

  • - não coloque gelo no local do ferimento, já que temperaturas negativas também queimam
  • jamais confie em dicas caseiras: não coloque pasta de dente, café ou clara ovo sobre a queimadura, pois não resolvem e podem causar infecção.
  • não fure as bolhas decorrentes da queimadura, pois a pele nova ainda não está totalmente formada e não deve ser exposta. No tempo certo, a bolha secará de forma natural.

Dicas para prevenir queimaduras

Grande parte das queimaduras ocorrem por acidentes domésticos. Por isso, com alguns cuidados é possível prevenir que elas ocorram.

Atualmente, um agravante necessita de ainda mais atenção, o uso de álcool em gel ou líquido, que aumentou significativamente por conta da pandemia do coronavírus. Portanto, vale lembrar

1. Ao manusear o álcool, não utilize fósforos ou isqueiros. É importante aguardar a secagem completa do produto, pois os casos de queimaduras nas mãos são bem comuns.

2. No caso do álcool em gel, prefira utilizá-lo somente em casos onde não haja água e sabão disponíveis, como nas idas ao supermercado ou outras saídas necessárias.

3. Sprays de álcool 70% devem ser evitados, principalmente perto de fontes de calor ou faíscas. álcool 70%, que podem servir como “lança-chamas”, perto de fonte de calor ou qualquer faísca.

Além dos cuidados com o álcool, também é imprescindível estar atento a outros detalhes do dia a dia, como por exemplo

  • manter as alças e cabos de panelas e frigideiras sempre para o lado de dentro do fogão, pois isso evita esbarrões que podem derramar o conteúdo quente e provocar queimaduras sérias
  • ter cuidado na hora de retirar os alimentos do forno, usando sempre luvas adequadas
  • não permitir a presença de crianças e animais domésticos perto de fontes de calor, como ferro de passar, fogão, churrasqueira, e também guardar produtos químicos fora do alcance, nas embalagens originais e bem vedados.
Notícias recentes
Saiba como aproveitar os benefícios dos grãos e sementes na alimentação. Veja como incluir grãos e sementes na sua dieta e aproveite todos os benefícios desses alimentos. Saiba mais...
Acne: o que causa e como evitá-las? Entenda as principais causas da acne e quais os cuidados necessários para evitar seu aparecimento. Saiba mais...
Queimaduras: como prevenir e tratar? Saiba como evitar queimaduras e de que modo cuidar e tratar o ferimento conforme a gravidade. Saiba mais...
Benefícios do exercício físico para a saúde e como iniciar a prática. Conheça os benefícios de praticar exercícios. Veja quais as modalidades mais populares e como incorporá-los à sua rotina. Saiba mais...
Frutas: principais nutrientes e vitaminas para uma alimentação saudável. Pera, uva, maçã, salada mista: veja como ter uma alimentação mais saudável com as 8 frutas mais nutritivas. Saiba mais...
Saúde mental: maneiras de estimular a mente aprendendo algo novo. Entenda a importância de estimular a mente através do aprendizado e como isso contribui para a saúde mental. Saiba mais...
Setembro amarelo: vamos falar do cuidado com a vida? Saiba mais sobre a campanha Setembro Amarelo e porque é fundamental entender a prevenção ao suicídio como tema de saúde pública. Saiba mais...
5 dicas de como evitar acidentes domésticos. Saiba como estar atento aos perigos que existem dentro de casa e confira estas dicas para evitar possíveis acidentes domésticos. Saiba mais...
Dicas de saúde: 5 hábitos saudáveis para incorporar na rotina. Veja como ter uma vida mais equilibrada com 5 dicas de saúde que ajudam no aspecto físico e emocional. Saiba mais...
Prevenção: como incluir práticas simples no seu dia. Os cuidados com a saúde devem partir de ações simples do dia a dia. Veja como tornar a prevenção de doenças uma prática cotidiana! Saiba mais...
Xixi noturno em adultos: saiba mais sobre a enurese. Entenda as causas do xixi noturno em adultos e qual o tratamento da enurese, que pode estar associada a outros problemas de saúde. Saiba mais...
Saúde mental das crianças: quais cuidados devemos ter? Veja porque a saúde mental das crianças também merece cuidado e como orientá-las para dar atenção às suas emoções. Saiba mais...
Conheça os sintomas que apontam problemas no coração. Descubra como alguns sinais que aparecem no dia a dia podem apontar para a existência de problemas no coração. Saiba mais...
Como funciona o ciclo menstrual e sua relação com a saúde da mulher. Saiba a importância de conhecer o seu ciclo menstrual e identificar os sintomas que fogem da normalidade. Saiba mais...
Miopia e astigmatismo: conheça causas, sintomas e tratamentos. Descubra as causas e tratamentos da miopia e do astigmatismo e a importância de manter a saúde dos olhos em dia. Saiba mais...
Quais exames o cirurgião vascular realiza? Saiba mais sobre os exames realizados e solicitados pelo cirurgião vascular e porque o acompanhamento com esse especialista é importante. Saiba mais...
Dicas de saúde: veja como ter uma vida mais equilibrada e saudável. Uma boa noite de sono, alimentação balanceada e exercícios físicos diários são a chave para ter mais saúde e disposição Saiba mais...
Descubra os benefícios dos alimentos para a saúde. Entenda os reais benefícios dos alimentos e como uma dieta saudável e balanceada pode melhorar sua saúde. Saiba mais...
Cuidados com o coração: como manter uma rotina saudável? Descubra como uma rotina saudável pode ajudar nos cuidados com o coração a partir de hábitos simples. Saiba mais...
Conheça os principais exames de rotina mais comuns conforme algumas especialidades. Principais exames de rotina de acordo com a pediatria, ginecologia e urologia. Saiba mais...