blog facebook WhatsApp
Central de marcação: 71 3622-7555
Vida e Saúde - Blog

Mocinhos e vilões nos cuidados com a saúde do coração.

segunda, 22 de fevereiro de 2021

Todos sabemos que, por ser um órgão vital, cuidar da saúde do coração é imprescindível. E apesar do sentido poético dado a ele, esse órgão, na verdade, trata-se de um pequeno músculo, que funciona como um tipo de bomba.

Seu tamanho médio equivale a um punho fechado, pesando em torno de 300g nos adultos. Mesmo assim, ele é capaz de bombear mais de 70 mil litros de sangue diariamente, irrigando todo o organismo através da circulação.

Contudo, mesmo diante da importância de mantê-lo funcionando bem, há muita negligência com a saúde do coração. A maioria das pessoas só se atenta aos cuidados necessários quando os primeiros problemas aparecem. Ou pior, quando chega ao ponto de algo mais grave, como um infarto ou AVC.

Portanto, para saber como prevenir as doenças cardiovasculares, entenda quais os principais vilões do coração e também quais as atitudes mais benéficas para manter sua saúde em dia.

Principais vilões da saúde do coração

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em todo o mundo, sendo 17,7 milhões de pessoas vítimas de problemas cardíacos. Esse número é equivalente a 31% das mortes registradas no planeta. 

Esse índice bastante elevado é causado por uma série de fatores que vão além da hereditariedade. No topo da lista de vilões do coração, podemos citar os altos níveis de estresse a uma alimentação inadequada. Mas há ainda outras questões menos exploradas que também depõem contra a saúde do coração. Confira:

Consumo elevado de sal e açúcar

Entre os piores hábitos alimentares para a saúde do coração estão o consumo de açúcar e sal. Em excesso, eles são grandes vilões e podem resultar numa série de problemas cardiovasculares, como a hipertensão.

O que muita gente confunde, porém, é que quando falamos de consumo elevado de sal, não se trata apenas do sal que é colocado na comida no momento do preparo. A quantidade recomendada pelo Ministério da Saúde, de no máximo cinco gramas por dia, dificilmente é atingida dessa forma.

A principal fonte de consumo de sódio está nos alimentos industrializados e ultraprocessados, e são eles que devem ser evitados em primeiro lugar.

Quanto ao açúcar, esse é um inimigo tão grande do coração quanto o sol. Além de favorecer o surgimento do diabetes, tende a provocar obesidade. Mais uma vez, não se trata somente do açúcar propriamente dito, mas dos alimentos ricos em carboidrato, como pães, bolos e massas.

Sedentarismo

Juntamente com a má alimentação, o sedentarismo é um dos grandes vilões do coração. A falta de atividades físicas na rotina prejudica seriamente o funcionamento desse órgão, que precisa do estímulo do movimento para se manter saudável.

Por isso, é fundamental praticar algum exercício, como caminhadas ou corridas leves. Lembrando sempre de solicitar o aval do seu médico antes de iniciar qualquer atividade que exija um esforço maior.

Bebidas alcoólicas e cigarro

Fumar e beber em excesso são práticas totalmente desfavoráveis à saúde do coração. O cigarro em qualquer quantidade deve ser evitado, e o álcool para ser consumido de forma segura, não deve fazer parte da rotina.

Aqui, moderação é a palavra-chave. As consequências do uso abusivo dessas substâncias podem causar aumento da pressão arterial e insuficiência cardíaca.

Sono desregulado

A má qualidade do sono está diretamente ligada ao aumento de peso, aumento da pressão arterial e ao risco de diabetes. Todos esses fatores comprometem a saúde do coração, e por isso noites mal dormidas são altamente prejudiciais.

Estudos apontam que pessoas que não atingem mais do que seis horas diárias de sono podem ter até 48% mais chance de desenvolver problemas cardíacos.

Aliados nos cuidados com o coração

Da mesma forma que possui uma série de inimigos, a saúde do coração também tem diversos aliados. Assim, os "heróis" que podem vencer os vilões são sempre o oposto dos maus hábitos.

Uma dieta equilibrada à base de "comida de verdade" que promova o controle do peso, atividades físicas regulares (no mínimo 1 hora e meia por semana), e boas noites de sono são mais do que necessárias. Além disso, outras práticas também são recomendadas, como por exemplo

Saúde bucal

Muita gente não sabe, mas a saúde bucal exerce grande influência na saúde do coração. Isso porque a formação de tártaro e placas levam a infecções por bactérias que podem atingir a membrana interna do coração.

Caso atinjam a corrente sanguínea, podem levar a infecções graves das válvulas cardíacas. Portanto, manter visitas regulares ao dentista também é uma forma de cuidado com o coração.

Lazer e descanso

Na correria do dia a dia, é comum que vivamos um ritmo frenético e de grande estresse. Por isso, o descanso é essencial. Do mesmo modo, atividades de lazer que tragam distração e uma boa dose de tranquilidade também contribuem significativamente para a saúde do coração.

Exposição ao sol

Desde que seja dentro do horário recomendado, antes das 10h e após as 16h, expor-se ao sol pode contribuir para a saúde do coração, pois a vitamina D atua no controle das contrações do músculo cardíaco, permitindo o relaxamento dos vasos sanguíneos. Em contrapartida, sua falta favorece a formação das placas de gordura nas artérias, por conta do acúmulo de cálcio.

Por que devo me preocupar em manter o coração saudável?

Entre as centenas de músculos existentes no corpo humano, podemos afirmar que o coração é o principal deles. Afinal, a cada batida, o sangue bombeado é capaz de fornecer oxigênio e alimentos às células.

Quando a saúde do coração é comprometida, isso significa que, de algum modo, todo o organismo será também atingido de algum modo. Ou seja, um coração saudável é fundamental para um corpo saudável. E por isso os cuidados com o coração são imprescindíveis para manter a qualidade de vida e a longevidade.

Notícias recentes
O que é a Síndrome pós-Covid e como identificá-la. Saiba mais sobre a Síndrome pós-Covid e a importância de manter o acompanhamento médico mesmo depois de passar pela doença. Saiba mais...
Cuidados com o bebê nos primeiros meses após o parto. Um universo de novidades: veja quais os primeiros cuidados com o bebê no período pós parto e como as mudanças na rotina afetam as mamães. Saiba mais...
Principais alergias que atingem os brasileiros. Entenda melhor o que são alergias e conheça os tipos que mais atingem os brasileiros. Saiba como se manifestam e qual o tratamento adequado. Saiba mais...
Último trimestre de gestação: o fim de uma jornada e o início de outra. Saiba mais sobre o último período de gestação, que vai do 7º ao 9º mês, e quais os primeiros cuidados após o parto. Saiba mais...
Vitaminas e suas principais fontes. Saiba mais sobre a importância das vitaminas para o bom funcionamento do organismo e quais as principais fontes para ingestão desses nutrientes. Saiba mais...
Intolerância à lactose: como conviver com o problema? Saiba mais sobre a intolerância à lactose e de que forma é possível conviver com esta condição a partir de cuidados simples com a dieta. Saiba mais...
Endometriose: como afeta a saúde da mulher? Saiba mais sobre a endometriose, seus sintomas, tratamento e como interfere na saúde e na fertilidade da mulher. Saiba mais...
Síndrome de Down: cuidados e desenvolvimento. Entenda como a Síndrome de Down ocorre e de que forma os portadores podem se desenvolver e levar uma vida normal a partir dessa condição. Saiba mais...
O que são cistos mamários e como tratá-los? Entenda mais sobre os cistos mamários, suas causas e de que forma tratar esse problema a partir do diagnóstico. Saiba mais...
Gestação: quando chegam as novidades. Veja o que esperar da gestação a partir do segundo trimestre e quais as transformações para a mãe e o bebê . Saiba mais...
Principais doenças relacionadas ao sistema urinário e como tratá-las. Saiba mais sobre como manter o bom funcionamento do sistema urinário, prevenindo e tratando as infecções e outras doenças. Saiba mais...
Mocinhos e vilões nos cuidados com a saúde do coração. Saiba a importância de manter a saúde do coração e quais elementos são favoráveis e desfavoráveis nos cuidados com este órgão vital. Saiba mais...
Síndrome de Asperger: o que é como lidar com essa condição? Saiba mais sobre as características da Síndrome de Asperger, de que forma ela se manifesta e como tratar essa condição ligada ao neurodesenvolvimento. Saiba mais...
Alimentação saudável: descubra a função de cada nutriente. Entenda como cada tipo de nutriente atua no organismo e porque manter uma alimentação saudável é fundamental para a saúde. Saiba mais...
Gestação: o desafio dos 3 primeiros meses. Saiba quais os principais desafios da gestação no período inicial e como a gestante pode se preparar para esse momento. Saiba mais...
Saúde do homem e o combate ao câncer de próstata. Saiba mais sobre a importância da prevenção do câncer de próstata para a saúde do homem e como combater esse inimigo silencioso. Saiba mais...
A dor como 5º sinal vital, abordagens e tratamento. Saiba porque a dor é vista como 5º sinal vital e a importância dessa interpretação para uma melhor abordagem clínica e tratamento. Saiba mais...
Gestação: o início de uma jornada. Ao iniciar a jornada da gestação, veja a importância de informações confiáveis e de ter um médico como parceiro nos cuidados com a mãe e o bebê. Saiba mais...
Hemodinâmica: tecnologia para diagnóstico e tratamento. Veja quais os benefícios da hemodinâmica e como essa tecnologia auxilia no diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares. Saiba mais...
Saúde da mulher: ações preventivas fazem a diferença. A atenção integral à saúde da mulher diz respeito a uma série de práticas que possibilitam condições de vida mais saudáveis. Saiba mais...