Área do Cliente
Cliente Empresa
Corpo Clínico blog facebook
Central de marcação: 71 3622-7555
Vida e Saúde - Blog

Saiba mais sobre o Plano de Atendimento à Emergência (PAE)

quarta, 25 de julho de 2018

O Plano de Atendimento à Emergência (PAE) é um plano elaborado para determinar as devidas prevenções de emergências em empresas públicas ou privadas, tais como incêndios, explosões, desastres naturais, transporte de produtos de alta periculosidade, entre outros.

No Plano de Atendimento à Emergência todas as medidas e procedimentos relacionados à emergência precisam estar documentados e devidamente formalizados.

A finalidade do Plano de Atendimento à Emergência é ter condições para resolver ou minimizar qualquer acidente que possa ocorrer futuramente dentro ou fora da empresa, já devidamente identificado ou com risco elevado. 

Utilizar o Plano de Atendimento à Emergência é fundamental, uma vez que ele contém planos de ação para que seja possível reduzir ou evitar danos materiais e riscos para funcionários e meio ambiente.

O PAE deve identificar os riscos a que o empreendimento está exposto e possíveis cenários de emergência identificados, além de organizar formas de socorro e ações que reduzam as consequências desses riscos. Serve também para organizar os procedimentos de evacuação, através de treinamentos e atendimentos de emergência.

Uma vez que o Plano de Atendimento à Emergência seja implantado, ele deverá passar por uma revisão de procedimentos, periodicamente, quando possíveis riscos podem ser incluídos e reavaliados conforme a necessidade. 

Características do Plano de Atendimento à Emergência:

- Simplicidade

O PAE deve ser de fácil compreensão, facilitando o entendimento e evitando erros, confusões e discordâncias.

- Flexibilidade

Deve ser elaborado de forma a permitir a adaptação de procedimentos em situações não coincidentes com os cenários previstos.

- Adequação

O PAE deve descrever as situações de risco, deve estar adequado à realidade da empresa e seus meios.

- Dinamismo

O Plano de Atendimento  deve ser dinâmico e passar por atualizações periódicas, em função da análise de riscos e novas ameaças identificadas.

- Precisão

Os procedimentos, em caso de emergência, devem ser descritos com clareza na atribuição de responsabilidades.

Componentes do Plano de Atendimento à Emergência:

-  Componentes técnicos 

Sinalização de emergência com informações, proibições e obrigações claras. Sinalização sonora e de incêndios, extintores, bocas-de-incêndio, carretéis, detectores de incêndio, plantas baixa, pictogramas e equipamentos de combate a incêndio.

-  Componentes humanos

Centros de coordenação de emergências para identificar e avaliar perigos, planejar e coordenar ações de combate, evacuação, alertas, alarmes, manutenção de equipamentos.

-  Componentes de capacitação 

Informação prévia, capacitações regulares e contínuas, treinamentos para situações de emergência.

-  Componentes médicos e primeiros socorros

 Deve ter, à disposição, meios para prestar os primeiros socorros e atendimentos em caso de emergências.

Situações de Emergência

-  Emergências químicas e biológicas 

Emergências químicas são bastante comuns. Assim como acidentes ou incidentes que resultem em exposição a agentes biológicos patogênicos. Essas circunstâncias devem ser imediatamente notificadas ao responsável, com providências de avaliação médica, vigilância e tratamento, devendo ser mantido registro por escrito desses episódios e das providências adotadas.

-  Emergência radiológica

No caso de contaminação de superfície com líquido radioativo, efetuar procedimentos de descontaminação e verificar níveis residuais de radiação. Assim como notificar e informar órgãos competentes. 

-  Incêndios e explosões

Incêndios e explosões passam por procedimento de evacuação do local e comunicação com bombeiros. Caso haja vítimas potenciais, também deve-se acionar a SAMU. As vias de acesso devem ser preparadas para a chegada de bombeiros e ambulâncias.

-  Catástrofes e emergências ambientais

Emergências ambientais são eventos súbitos, de origem natural, previsíveis ou não, que provocam danos materiais e humanos. As catástrofes naturais causam ruptura entre o ambiente natural e o sistema social, afetando gravemente a segurança das pessoas e as condições de vida das populações.

-  Emergências humanas

Emergências humanas são acidentes que envolvem funcionários, prestadores de serviços ou clientes, podendo ocorrer a qualquer momento. Entre os mais comuns estão choque elétrico, queimaduras em equipamentos e parada cardiorrespiratória.

Para circunstâncias de risco faz necessária a implementação do PAE, e seu maior benefício é a segurança de colaboradores, clientes, prestadores de serviço, população local e meio ambiente.

A sua empresa está investindo em saúde e segurança do trabalho? Quer saber mais sobre isso e como fazer para ter sucesso nessas questões?

Ligue 3622-7552 

Notícias recentes
Dislipidemia: conheça e saiba como se prevenir Descubra o que é a dislipidemia, quais são os sintomas e como tratar dessa doença que pode ser hereditária... Saiba mais...
Dia do Enfermeiro e da Enfermagem Uma homenagem para quem exerce a arte do cuidar da nossa saúde. Saiba mais...
Entenda a importância do Programa de Conservação Auditiva – PCA. Saiba porque a sua empresa deve implantar o Programa de Conservação Auditiva... Saiba mais...
Dia do Oftalmologista Gratidão ao profissional que dedica o seu olhar para cuidar da nossa visão... Saiba mais...
Como evitar a tensão e o estresse no trabalho? A tensão e o estresse estão na rotina corporativa. No entanto, é possível evita-los e ter uma rotina mais saudável... Saiba mais...
Normas regulamentadoras: conheça a NR 8 Descubra os principais pontos da NR 8, e saiba quais são os requisitos mínimos que oferecem segurança ao trabalhador... Saiba mais...
Dia do Obstetra Orgulho por aqueles que cuidam de nós antes mesmo de nascermos... Saiba mais...
Conheça as fases do eSocial Descubra as fases do eSocial e como preparar a sua empresa para essa obrigação... Saiba mais...
A organização da empresa na realização dos exames periódicos. Descubra quais são e quais os benefícios que esses exames oferecem a sua empresa... Saiba mais...
Obesidade: Tratamento e dicas para passar por esse desafio. Descubra a importância do tratamento da obesidade e como essa doença crônica afeta a sua rotina de trabalho... Saiba mais...
Como garantir a saúde e segurança do trabalhador na sua empresa Saúde e segurança do trabalhador pode aumentar a produtividade e gerar economia para a empresa... Saiba mais...
Nova versão do Manual de Orientação do eSocial – MOS A nova versão do Manual de Orientação do eSocial foi publicada recentemente... Saiba mais...
Descubra o que é e para que serve a norma regulamentadora NR7. Conheça a Norma Regulamentadora NR 7 e o PCMSO. Entenda melhor como elas podem te ajudar... Saiba mais...
Entenda a importância da Higiene Ocupacional. Higiene ocupacional e sua importância, saiba quais são as etapas da implantação do Programa de Higiene do Trabalho... Saiba mais...
Doenças de verão e os principais cuidados nessa época do ano. Antes de sair e aproveitar o calor escaldante, saiba como se prevenir contra as principais doenças de verão... Saiba mais...
Gestação no ambiente de trabalho: riscos e cuidados. A gestação no ambiente de trabalho demanda cuidados especiais, um ambiente e atividades laborais seguras... Saiba mais...
Informações obrigatórias e não obrigatórias para o eSocial. Saiba quais informações devem constar obrigatoriamente no eSocial e quais as sua empresa não precisa declarar... Saiba mais...
Doenças respiratórias: como prevenir e tratar. As doenças respiratórias crônicas atingem milhares de pessoas, entenda a importância do tratamento continuado... Saiba mais...
Saiba como o eSocial promove a integração entre as áreas profissionais. Será preciso trabalhar de forma conjunta, gerando assim maior integração entre profissionais de diversas áreas... Saiba mais...
Dor Neuropática e seus desdobramentos. A dor neuropática faz parte do rol de dores crônicas. Seu diagnóstico é difícil, pois métodos e exames convencionais podem não detectá-la... Saiba mais...