Área do Cliente
Cliente Empresa
Corpo Clínico blog facebook
Central de marcação: 71 3622-7555
Vida e Saúde - Blog

Conheça os exames admissionais obrigatórios.

quarta, 20 de setembro de 2017

Os exames admissionais são obrigatórios, previstos pelo artigo 168 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Além de ser um dever da empresa, é uma forma eficiente de comprovar a saúde física e mental de um novo colaborador antes de ser contratado. Isso garante mais segurança tanto para a empresa quanto para o funcionário. Confira a seguir como funcionam esses exames:

Exames admissionais obrigatórios

Os exames admissionais obrigatórios fazem parte do PCMSO (Programa de Controle Médico Ocupacional). Eles devem ser realizados antes do início das atividades do colaborador ou no máximo em até 15 dias, do contrário a empresa pode ser multada.

Quem realiza os exames admissionais obrigatórios é um médico especializado em medicina do trabalho que pode ser terceirizado ou fazer parte do quadro de funcionários da empresa. É responsabilidade do empregador encaminhar o futuro colaborador para a consulta, bem como arcar com os custos.

Como é realizado o exame

Durante a consulta o médico questiona o novo colaborador sobre seu histórico de saúde, se há doenças já identificadas, se ele já passou por tratamentos ou cirurgias, quais as condições de trabalho que existiam no emprego anterior, entre outras informações pertinentes. Não é permitido pedir exames de HIV, teste de esterilização ou gravidez nessa consulta, considerados discriminatórios.

Após isso é realizado o exame clínico, com medição da pressão arterial e batimentos cardíacos, além de peso, altura e condições da coluna. Se o médico identificar que não há risco para o profissional na nova função ele emite um Atestado de Saúde Ocupacional (ASO). Este documento é necessário pois comprova que as condições de saúde do funcionário estão em dia. Com isso ele está apto para iniciar suas atividades junto à empresa.

Os exames admissionais protegem o colaborador porque podem comprovar que ele desenvolveu alguma doença após entrar na empresa, permitindo que ele peça uma indenização. Mas também é benéfico para a empresa, que pode se resguardar e comprovar que as doenças não foram causadas pela função, caso ele já tenha patologias identificadas durante os exames.

Grupo SH Brasil ajudando você a crescer. Ligue 3622-7552 e contate nossos serviços de Gestão em Saúde Empresarial.

Notícias recentes
A gestão da segurança do trabalho no crescimento da empresa. A segurança do trabalho está se tornando uma ação estratégica de crescimento e uma boa gestão pode fazer a diferença... Saiba mais...
PCMAT e PPRA, quais as principais semelhanças e diferenças? É bem comum haver confusão sobre PCMAT e PPRA por suas semelhanças, mas também é preciso conhecer as diferenças... Saiba mais...
Saúde dos olhos: dicas para prevenir problemas na visão. Negligenciar a saúde dos olhos pode trazer consequências sérias, prevenir problemas na visão também é pensar em cuidados com a saúde... Saiba mais...
Saúde mental: como atingir metas sem elevar o estresse. As metas fazem parte de nossas rotinas e podem fazer com que a gente chegue ao limite do estresse... Saiba mais...
Norma Regulamentadora (NR) 03 - Embargo ou interdição. A NR 03 trata de embargo ou interdição da obra sempre que houver risco ao trabalhador... Saiba mais...
Conjuntivite: quais as causas, diagnóstico e tratamento? A conjuntivite é uma doença que causa inflamação na parte da frente do globo ocular e no interior das pálpebras... Saiba mais...
Conheça as principais causas de acidentes de trabalho e como preveni-los. São mais de 700 mil pessoas acidentadas por ano no país, deixando o Brasil em 4º lugar no ranking em número de acidentes de trabalho... Saiba mais...
Confira as melhores dicas de como sair do sedentarismo. Um dos grandes males do século é a obesidade. Cada vez mais, nossas atividades nos exigem menos esforço físico... Saiba mais...
Saiba sobre o papel da Associação Nacional de Medicina do Trabalho. Saiba mais sobre a ANAMT e sua importância para o desenvolvimento desta área no país... Saiba mais...
Conciliando trabalho e maternidade – conheça dicas para saber lidar com isso da melhor forma. Não existe faculdade para a maternidade. Então cada mãe terá seu próprio método para aprender como conciliar... Saiba mais...
Principais aspectos da Norma Regulamentadora nº 02 (NR 02) As Normas Regulamentadoras (NR) relativas à segurança e medicina do trabalho devem ser seguidas, obrigatoriamente... Saiba mais...
Conheça as principais doenças e problemas laborais e como preveni-los. Algumas doenças e problemas laborais podem afetar a saúde do colaborador causando afastamentos e até mesmo aposentadorias especiais.., Saiba mais...
Saúde da mulher trabalhadora: como prevenir as principais doenças que acometem este público. A pressão e falta de oportunidades igualitárias afeta diretamente a saúde feminina... Saiba mais...
Saiba os benefícios da alimentação de qualidade no local de trabalho. Conheça as principais vantagens em oferecer uma alimentação de qualidade no local de trabalho... Saiba mais...
Saiba como evitar falhas no e-social. Confira algumas dicas sobre como evitar falhas no e-social e se manter com esse novo sistema... Saiba mais...
O que o bloqueio dos nervos periféricos e pontos de gatilho faz? O tratamento consiste em localizar pontos de tensão e dor e eliminá-los por meio de condutas terapêuticas... Saiba mais...
Importância da atividade física para a saúde do trabalhador. Saiba mais sobre a importância da atividade física para a saúde de seus colaboradores... Saiba mais...
Quais são os erros mais comuns no preenchimento do PPP? O PPP exige bastante atenção de quem o preenche: fazê-lo da forma correta é imprescindível... Saiba mais...
Impactos do e-Social na área de saúde ocupacional. Conheça os principais impactos do e-social e o que muda na área de saúde ocupacional... Saiba mais...
Saiba quais os principais pontos da NR 01. Entenda mais sobre a NR 01, uma espécie de introdução para as demais Normas Regulamentadoras obrigatórias em toda empresa... Saiba mais...